A FERRUGEM ASIÁTICA DA SOJA CAUSADA POR Phakopsora pachyrhizi Sydow e Sydow

Autores/as

  • Felipe Rafael Garcés Fiallos Universidad Técnica Estatal de Quevedo

DOI:

https://doi.org/10.18779/cyt.v4i2.106

Palabras clave:

PHAKOPSORA PACHYRHIZI, GLYCINE MAX, URÉDIAS, LESÕES, ESTRATÉGIAS DE MANEJO INTEGRADO.

Resumen

Os Estados Unidos são o principal produtor mundial de soja, seguido pelo Brasil. A cultura da soja é afetada por 47 doenças já relatadas, entre elas a ferrugem asiática causada pelo fungo biotrófico Phakopsora pachyrhizi Sydow e Sydow. Esta doença pode atingir até 100% de dano e causa perdas no Brasil estimadas em 737,453,718 dólares ao ano. Em função de sua importância, faz-se oportuno uma revisão bibliográfica sobre esta doença, que abordará a sua ocorrência a nível mundial, a sintomatologia, os hospedeiros, a taxonomia e a etiologia do agente causal, efeitos dos fatores climáticos sobre a doença, ciclo biológico do patógeno, progresso e análise temporal, redução na área foliar e nos componentes de rendimento da cultura da soja e as estratégias de manejo integrado da enfermidade. Foi objetivo desta revisão recopilar as informações mais relevantes sobre a ferrugem asiática de modo o mais explicativo e entendível possível para o leitor.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Publicado

2012-01-28

Cómo citar

Garcés Fiallos, F. R. (2012). A FERRUGEM ASIÁTICA DA SOJA CAUSADA POR Phakopsora pachyrhizi Sydow e Sydow. Ciencia Y Tecnología, 4(2), 45-60. https://doi.org/10.18779/cyt.v4i2.106

Número

Sección

Ciencias Agrarias